Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 13 de Agosto de 2022

Policial

Acusado por assassinatos na fronteira é morto no interior paulista

A morte de Rocaro causou forte comoção na fronteira e as investigações foram intensas por ordem direta do então governador André Puccinelli (PMDB).

Midiamax

18 de Setembro de 2015 - 14:05

A polícia de Jandira, no interior de São Paulo, confirmou a morte de Cláudio Rodrigues de Oliveira, o Claudinho Rodrigues, conhecido como “Meia Água” nesta sexta-feira (18). Ele morava em Ponta Porã e deixou a cidade quando foi apontado pela polícia como o mandante da morte do jornalista Paulo Rocaro, no mês de fevereiro de 2012. Ele também foi apontado com um dos envolvidos na morte de Daniel Alvarez Georges, 42 anos, filho do empresário Fahd Jamil. As circunstâncias da morte de Claudinho ainda não foram esclarecidas.

Em Ponta Porã, onde ele era bastante conhecido, pois era presidente licenciado do PC do B em Ponta Porã e empresário no setor de combustíveis e sonorização, a notícia está causando grande repercussão. A informação é que o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Jandira e que a polícia paulista está trabalhando para esclarecer esta morte.

A morte de Rocaro causou forte comoção na fronteira e as investigações foram intensas por ordem direta do então governador André Puccinelli (PMDB).