Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 17 de Maio de 2021

Policial

Adolescente que matou em tabacaria é apreendido

Delegada liberou garoto, mas tinha enviado pedido de apreensão

Correio do Estado

28 de Janeiro de 2017 - 09:55

Seis dias depois de apresentar-se à polícia, confessar que matou um e feriu outro a tiros e ter sido liberado, adolescente, de 17 anos, foi apreendido em cumprimento a ordem da Justiça. A apreensão aconteceu na quinta-feira (26).

Conforme nota do site da Polícia Civil, o adolescente infrator já tinha passagem como autor em assassinato, ocorrido em fevereiro de 2016. Ele foi encaminhado à Unidade Educacional de Edução (Unei) Novo Caminho e deverá cumprir medida socioeducativo por homicídio qualificado pela traição, de emboscada ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido e tentativa de homicídio.

O garoto matou com dois tiros, pelas costas, Luciano Miguel de Jesus, 20 anos, e feriu jovem da mesma idade, na madrugada de quinta-feira (19), em tabacaria, localizada na Avenida Senhor do Bonfim, no Bairro Estrela Dalva, em Campo Grande.

No mesmo dia do crime, durante a tarde, o adolescente apresentou-se na Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude (Deaij), mas fora do prazo de flagrante e com pedido de apreensão ainda sendo analisado na Justiça, ele foi interrogado e liberado.

Conforme a delegada Aline Sinnot, o garoto declarou que estava no estabelecimento quando Luciano e o amigo que sobreviveu teriam feito menção de atirar. Porém, o dono da tabacaria relatou que o assassino chegou atirando.

Luciano foi atingido pelas costas com dois tiros - um na nuca e outro no ombro esquerdo, e morreu no local. A outra vítima foi ferida também com dois disparos, no abdômen. Segundo a assessoria de comunicação da Santa Casa, o jovem passou por cirurgia e não corria risco de morte.

O adolescente justificou, ainda, que rixa teria motivado o crime. A arma usada para matar Luciano e ferir o outro rapaz – revólver calibre 38, foi entregue à autoridade policial.