Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 30 de Novembro de 2021

Policial

Adolescentes integrantes da quadrilha que furtou escola em Ladário são presos

A polícia acredita que a quadrilha seja formada por 10 pessoas. Um adulto fica responsável por sondar o local e, em seguida, dá as informações para o restante do grupo, segundo a delegada.

Campo Grande News

02 de Outubro de 2013 - 08:40

Dois adolescentes, um de 15 e outro de 16 anos, integrantes da quadrilha que furtou no último domingo (29) a Escola Municipal Nelson Mangabeira, no bairro Alto Floresta II, em Ladário, foram detidos ontem (1) pela polícia. Os menores estavam em uma residência na zona oeste de Ladário e com eles foi localizada parte dos produtos.

Os produtos foram recuperados pelo setor de Investigação e Inteligência da Polícia Civil. No dia do furto foram levados instrumentos musicais, televisão, aparelhos de DVD, impressora, computador, equipamentos de construção, além de produtos alimentícios como carne, leite, salsicha, feijão e biscoito.

Os menores apontaram onde estavam os produtos. Segundo a delegada responsável pelo caso, Priscila Anuda Quarti Vieira, algumas coisas estavam escondidas em terrenos baldios e até em bocas de fumo.

A polícia acredita que a quadrilha seja formada por 10 pessoas. Um adulto fica responsável por sondar o local e, em seguida, dá as informações para o restante do grupo, segundo a delegada.

“Uns arrombam, outros cuidam, outros carregam e outros vendem. Eles saem vendendo os produtos de casa em casa, outra parte troca em bocas de fumo para consumir drogas ou por dinheiro. A investigação não terminou, ao contrário, estamos ainda extremamente empenhados nesse caso, pois é um grupo que atua constantemente em Ladário e já realizou furtos em Corumbá também", afirmou Priscila ao site Diário Online.

Os adolescentes responderão por ato infracional previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente. A diretora da escola, Rosana Moreira Neves Neto, já recebeu os produtos alimentícios que foram furtados. A preocupação era com o computador e a impressora da escola, mas também já foram localizados.

“Há documentos de extrema importância para a escola neste computador”, afirmou. Segundo ela, a Secretaria de Educação do Município já providenciou a troca das 12 portas arrombadas.

Além dos materiais da escola, a polícia encontrou no local equipamentos de som de uma Igreja, do bairro Terra Vermelha, que foi furtada na madrugada de sábado, 28. "Para nossa surpresa, além dos materiais da escola, conseguimos rever diversos itens que foram furtados de uma igreja em Ladário, no fim de semana. Foram furtados violões, guitarras, caixas amplificadoras, rádio, cabos, microfones, tomadas, extensões. Todos os materiais, tanto da escola quanto da igreja, serão devolvidos", disse a delegada.