Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 29 de Novembro de 2021

Policial

Ao atender ocorrência, PMs são atacados e gredidos com machado e facão

Os policiais tiveram que usar da força moderada para conter o homem que se encontrava bastante alterado

Fátima News

26 de Julho de 2013 - 09:39

Na tarde de ontem (25) ao atender uma ocorrência de violência doméstica policiais militares foram atacados e agredidos com facão, machado, facas e pedaço de madeira em Naviraí – distante a 359 km de Campo Grande.

A ocorrência aconteceu por volta das 15h, onde segundo a vítima, uma mulher de 37 anos, ao tentar impedir que seu esposo batesse em sua filha de 04 anos, foi surrada pelo mesmo com um galho de amora.

Ao chegarem ao local da ocorrência, o autor identificado posteriormente como sendo Antonio Luiz da Silva, de 46 anos, ao ver os policiais, se apoderou de um facão de cortar cana e avançou contra um dos PMs, que tentou dialogar com Antonio pedindo para que o mesmo largasse o facão no chão.

Muito alterado, o acusado partiu para cima dos policiais com um facão em mãos, quando os mesmos tentavam conversar com ele. O policial pegou um pedaço de madeira, na tentativa de se defender e atingiu o facão que estava de posse de Antonio na tentativa de desarmá-lo, mas o suspeito levou a mão na cintura e tentou sacar uma faca que enroscou em sua camisa e caiu ao chão.

De imediato o mesmo correu para o fundo do quintal e pegou um machado, momento em que o policial conseguiu tirar a “arma” de suas mãos, tentando contê-lo, mas o autor desferiu vários golpes e chutes contra o policial.

Antonio largou do machado e pegou um pedaço de pau, investindo assim contra os policiais que tentavam dialogar com o mesmo. Um outro policial, tentou tirar o pedaço de madeira da sua mão que investiu contra o mesmo entrando em luta corporal.

Os policiais tiveram que usar da força moderada para conter o homem que se encontrava bastante alterado. Mesmo algemado passou a ameaçar a guarnição policial dizendo que iria matá-los.

Ao ser detido, Antonio foi conduzido para a Delegacia de Policia Civil de Naviraí, para serem tomadas as providências cabíveis ao caso. Dois policiais ao tentaram conter Antonio, sofreram lesões nos rostos e mãos, e outro teve sua farda rasgada.