Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 22 de Julho de 2024

Policial

Após denúncia, polícia prende comerciante por venda ilegal de medicamentos e munições

Cacildo Moreira Lopes, 64 anos não tinha autorização para comercializar nenhum dos dois tipos de produtos

MS Record

20 de Setembro de 2012 - 11:00

Em Maracajú, cidade localizada à 162 quilômetros de Campo Grande, um comerciante foi preso em flagrante por vender medicamentos e munições de arma de fogo. A ocorrência aconteceu nesta quarta-feira (19).

Cacildo Moreira Lopes, 64 anos não tinha autorização para comercializar nenhum dos dois tipos de produtos. A polícia recebeu uma denúncia anônima, feita ao Conselho Regional de Farmácia (CRF/MS), informando que no estabelecimento comercial, localizado na rua Joaquim Murtinho, no bairro conjunto Inacinha Rocha produtor irregulares estão sendo vendidos.

De acordo com a Polícia Civil, foram localizados, remédios como: Pramil, Rheumazin Forte e pomada Polo Reuma, de origem desconhecida, além de várias munições calibre 22, que é de uso restrito.

O acusado admitiu que comercializava os produtos à seis meses, por presos entre R$ 5 e R$ 40. Cacildo Moreira foi encaminhado para a Delegacia Civil da cidade.

A polícia informou ainda que foram apreendidos 75 munições intactos de calibre 22; 120 comprimidos de Rheumazin Forte; 107 comprimidos de Pramil e 2 tubos de pomada Polo Reuma.