Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 19 de Abril de 2021

Policial

Assaltantes que mataram advogado estavam em busca de carro idêntico ao dele

Na procura se depararam com o advogado e o amigo dele, um policial federal, quer estava na camionete

Midiamax

06 de Novembro de 2014 - 14:21

O assassinato do advogado Márcio Alexandre dos Santos, de 37 anos, no último dia 25 de outubro, em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, foi motivado pela encomenda de uma camionete de luxo semelhante a que ele dirigia no momento do crime.

Segundo o delegado Adilson Stiguitvits, do Serviço de Investigação da Polícia Civil, a quadrilha tinha intenção de roubar naquela noite um veículo Toyota Hilux SW4. O alvo seria um empresário de Dourados, porém como não encontraram esta pessoa, passaram a escolher uma outra vítima que tivesse o carro encomendado.

Na procura se depararam com o advogado e o amigo dele, um policial federal, quer estava na camionete. O objetivo dos bandidos era conseguir o veículo para encaminhá-lo ao Paraguai.

Já estão presos Isaac Daniel Gonçalves, de 22 anos, conhecido como carioca e Emerson Antunes Machado, de 21 anos. Eles estavam com mais dois comparsas que ainda não foram capturados pela polícia. Também foi detido Maycon Macedo da Silva, de 32 anos. Alé, de ter escondido Emerson após o crime, na casa dele foi encontrada uma certa quantidade de entorpecente.

Segundo o delegado, Isaac e um dos foragidos que não teve o nome divulgado, desceram do veículo (um Gol) para assaltar o advogado e policial, que estavam parados. Os outros dois integrantes do bando permaneceram no interior do carro.

Isaac estava armado e como o policial revidou houve troca de tiros. O advogado ficou no meio do tiroteio e foi morto com 8 disparos, efetuados inclusive pela arma do policial.

Após o tiroteio, um dos assaltantes assumiu a direção da Hilux e os demais entraram no Gol e fugiram. Somente Isaac foi baleado.

Isaac e Emerson foram estão presos acusados de roubo e associação criminosa. Emerson foi detido por tráfico de drogas.