Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 30 de Novembro de 2020

Policial

Batalhão de Choque faz apelo para que população denuncie acusados da morte de policial

Os militares garantem sigilo absoluto ao denunciante, que pode repassar as informações por meio do número de telefone 181

Correio do Estado

25 de Julho de 2014 - 10:11

O Batalhão da Polícia Militar de Choque (BPChoque) faz um apelo para que a população denuncie suspeitos de envolvimento na morte do soldado lotado no 9º Batalhão da Polícia Militar, Valdir Antunes de Oliveira, de 37 anos. Os militares garantem sigilo absoluto ao denunciante, que pode repassar as informações por meio do número de telefone 181.

De acordo com a assessoria de comunicação do BPChoque, os policiais receberam uma série de informações, mas quando chegam no local para averiguar não encontram nada.

Mesmos os militares de folga estão nas ruas, voluntariamente, em busca dos suspeitos. Equipes da Rondas Ostensivas Táticas (Rotac) também estão empenhadas e não foram para casa, preferiram continuar na caçada.

Crime
Valdir morreu na última quarta-feira (23), após ser baleado num assalto a uma loja de materiais de construção, no Jardim Oliveira, em Campo Grande (MS).

Três bandidos a pé invadiram a loja da família do soldado, localizada na Avenida das Mansões. Os criminosos renderam uma funcionária e a esposa do PM, que estava com uma criança de colo. Eles colocaram as vítimas dentro de um banheiro, enquanto pegavam o dinheiro do caixa.

O policial chegou ao local e foi recebido com um tiro. Os três fugiram levando R$ 200 em dinheiro, a arma do policial e o celular de um cliente. Valdir chegou a ser socorrido e encaminhado para o Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo relatos de testemunhas, os bandidos fugiram a pé, mas logo entraram num carro preto e desapareceram. Eles sabiam que o marido da proprietária do estabelecimento era policial e durante o assalto chegaram a dizer: “seu marido é polícia, né? A gente sabe, pode deixar, a gente veio preparado”.