Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 25 de Maio de 2022

Policial

Briga por dívida de 3º teria motivado assassinato a garrafadas em bar

Ontem a tarde os dois voltaram a discutir e o autor quebrou a garrafa de cerveja e atingiu o pescoço da vítima.

Campo Grande News

15 de Outubro de 2015 - 13:17

A polícia já identificou o autor e a motivação do homicídio de Jair Donizete Teófilo de 46 anos, o "Cachorro", morto com golpes de garrafas no pescoço, durante briga em um bar na tarde de ontem (14) no Jardim Itamaracá, em Campo Grande. Luiz Antônio Coelho Morena de 41 anos, conhecido como "Padeiro", teria matado a vítima por causa de uma briga que ocorreu no sábado (10).

Segundo informações do delegado Sérgio Luiz Duarte, titular da 4ª delegacia de Polícia Civil, as primeiras informações são de que a briga entre os dois teria ocorrido porque Jair foi cobrar uma dívida de um homem que é inquilino do pai de Luiz. Os dois teriam discutido, já que "Cachorro" estava armado, e "Padeiro" o expulsou da casa.

Ontem a tarde os dois voltaram a discutir e o autor quebrou a garrafa de cerveja e atingiu o pescoço da vítima. “Cachorro” ainda conseguiu correr cerca de 15 metros e, não resistindo, caiu morto. Todos que estavam bebendo com o autor e a vítima fugiu. O dono do comércio, Benedito Francisco Rondon, de 73 anos, conta que estava dentro do bar e quando percebeu a briga e foi verificar, já viu “Cachorro” correndo todo ensanguentado.

O delegado esteve no local atendendo a ocorrência e disse que “Cachorro” e “Padeiro” são moradores do bairro e duas equipes da Delegacia estão à procura do autor, mas a polícia acredita na hipótese de que irá se entregar ainda nesta semana.