Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 27 de Novembro de 2021

Policial

Capitais do Centro-Oeste tem 51 mil usuários de crack, aponta pesquisa

A região com mais usuários é o Nordeste com 148 mil pessoas, o que representa 40% dos usuários das capitais de todo o país.

Campo Grande News

19 de Setembro de 2013 - 14:44

Dos 370 mil usuários de crack que vivem em capitais do país, 13,8% deles estão nos três Estados da região Centro-Oeste e no Distrito Federal, de acordo com o levantamento divulgado nesta quinta-feira (19) pela Senad (Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas).

Segundo a pesquisa, o número equivale a 35,7% do número total de usuários de drogas ilícitas, que chegam a 1 milhão em todo o Brasil. No Centro-Oeste, o levantamento apontou que existem 51 mil usuários de crack. A região com mais usuários é o Nordeste com 148 mil pessoas, o que representa 40% dos usuários das capitais de todo o país.

O estudo também apurou o uso do crack por adolescentes até 17 anos. Dos 370 mil que usam crack com frequência, 50 mil são menores de idade. A média das capitais com relação a usuários com menos de 18 anos é de 13,5%.

A pesquisa identificou ainda o perfil dos usuários de crack, cerca de 55% deles usam a droga diariamente. O consumo dura em média 7,6 anos nas capitais e 4,9 anos nas cidades do interior. Por dia, os dependentes usam 16 pedras entre os homens e 21 entre as mulheres.

Dados das capitais não foram divulgados pelo Governo, mas foram apurados e devem ser divulgados em breve. A pesquisa foi realizada pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) e mais de 25 mil pessoas foram ouvidas nas capitais em 2012.