Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 17 de Maio de 2022

Policial

Carro de casal que foi amarrado em assalto é recuperado durante blitz

Os suspeitos estavam armados, renderam e amarraram as vítimas e fugiram levando o carro, documentos e celulares.

Midiamax

19 de Outubro de 2015 - 11:00

Durante blitz realizada na noite de domingo (18) na Avenida Fábio Zahran, o Classic, preto, placas de Campo Grande (MS) que foi roubado durante assalto no sábado (17), foi recuperado. Segundo o BPTran (Batalhão da Polícia Militar de Trânsito), os suspeitos abandonaram o carro ao avistar a blitz policial, realizada no Jardim América.

Segundo informações do BPTran, a blitz foi realizada atrás do Parque de Exposições, na Avenida Fábio Zahran. Durante a ação, 150 veículos foram abordados, 55 autuações de infrações de trânsito foram feitas, 27 veículos foram removidos ao Detran (Departamento Estadual de Trânsito), uma pessoa foi autuada em flagrante por embriaguez ao volante e um carro roubado foi recuperado.

De acordo com os policiais, ao avistarem a blitz policial, os ocupantes do Classic, três homens e uma mulher, abandonaram o carro e fugiram a pé. Equipes do BPTran fizeram rondas e buscas pela região, mas os suspeitos não foram localizados. Em verificação, foi constatado que o carro era produto de roubo. Os militares entraram em contato com a família da vítima do assalto e o veículo foi devolvido.

Roubo

Na noite de sábado, por volta das 20 horas, um casal foi vítima de assalto na Rua Ari Coelho de Oliveria, na Vila Progresso. Os suspeitos estavam armados, renderam e amarraram as vítimas e fugiram levando o carro, documentos e celulares.

De acordo com o registro da ocorrência, feito na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, o rapaz de 20 anos estava dentro do Classic, preto, placas HTF-5644 de Campo Grande (MS), acompanhado da namorada. Segundo relato, um casal de assaltantes abordou as vítimas e um dos suspeitos portava uma arma de fogo.

Ainda conforme o boletim de ocorrência, as vítimas foram obrigadas a descerem do veículo e outras duas pessoas se aproximaram, ordenando que o casal deitasse no chão. O rapaz de 20 anos e a namorada tiveram mãos e tornozelos amarrados e chegaram a sofrer ferimentos. Os suspeitos fugiram levando o carro, documentos, carteira e celulares. O caso foi registrado como roubo majorado pelo concurso de pessoas e pelo emprego de arma.