Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 27 de Janeiro de 2022

Policial

Carro-forte tomba e deixa um morto e três feridos em Aral Moreira

De acordo com o Hospital e Maternidade Santa Luzia, dos quatro ocupantes do veículo, três sofreram ferimentos sem maiores gravidades. Eles foram medicados e passam bem

A Gazeta News

17 de Outubro de 2013 - 08:36

Um carro-forte sofreu um desvio de direção e tombou, matando um dos ocupantes e deixando outros três feridos na tarde dessa quarta-feira, 16 de outubro, em Aral Moreira, fronteira com o Paraguai. O acidente aconteceu na Rodovia MS-486, trecho que liga Aral Moreira a região conhecida como “Tagi”, a cerca de 25 quilômetros da cidade.

Segundo informações repassadas por populares ao A Gazetanews, o carro blindado de transporte de valores se deslocava no sentido a cidade de Aral Moreira quando, em um trecho de reta, acabou sofrendo um desvio de direção e tombando.

Com a violência do acidente, a suspensão traseira e as portas do blindado placas de Curitiba-PR, pertencente a empresa de transporte de valores Brinks, foram arrancadas, mas o cofre onde estavam acondicionados os valores não foi afetado.

O veículo acabou parando tombado no meio da pista, bloqueando parcialmente o trânsito na rodovia estadual. Quatro funcionários da empresa de transporte de valores que estavam no interior do carro-forte na hora do acidente, foram socorridos por ambulâncias da Prefeitura de Aral Moreira para o hospital municipal local.

De acordo com o Hospital e Maternidade Santa Luzia, dos quatro ocupantes do veículo, três sofreram ferimentos sem maiores gravidades. Eles foram medicados e passam bem. Já um quarto ocupante, Valderi Bernardino da Silva, acabou se ferindo com maior gravidade e morreu.

Equipes das polícias, Civil e Militar de Aral Moreira estiveram no local do acidente ajudando a controlar o tráfego até a chegada de uma equipe da PRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual) da base de Ponta Porã para assumir a ocorrência.

Motoristas de caminhão que estavam no local, que tem experiência de dirigir em rodovias, disseram ao A Gazetanews que buracos na pista metros antes do local do acidente podem ter provocado algum dano mecânico no veículo de transportes de valores, fazendo com que o condutor do carro-forte perdesse o controle da direção.

Apesar das especulações, somente uma perícia técnica deverá apontar as causas reais do acidente, segundo a polícia.

Segundo Joelso Gonçalves, do site Aral Moreiranews, estavam no interior do carro-forte na hora do acidente o motorista, Paulo Camargo da Silva e os seguranças, Vagner Barreto Zanete e José Carlos Alves do Nascimento, além da vítima fatal, Valderi Bernardino da Silva. Todos eles são moradores na cidade de Dourados.