Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 1 de Dezembro de 2020

Policial

Casal pagou R$ 5 mil e ainda montaria boate em troca de bebê no interior

Há dois meses a Polícia estava investigando o caso e ontem (25) a criança foi custodiada para o Poder Judiciário.

Campo Grande News

26 de Fevereiro de 2014 - 14:19

A família, que estava negociando uma criança, já pagou R$ 5 mil para custear o tratamento médico de mãe biológica, uma garota de programa, e ainda iria arcar com os custos de uma boate em Figueirão, a 226 quilômetros da Capital. Segundo o delegado Cleverson Alves, a investigação já ocorre há dois meses e mais quatro pessoas estão sendo identificadas.

“Foi uma denúncia anônima que nos levou a este caso. Ainda não conseguimos apurar ao certo o valor que seria pago pela criança, porém já sabemos que a mãe pretendia construir uma boate, que na verdade sabemos que seria uma casa de prostituição. No entanto, o casal já tinha pago R$ 5 mil do hospital e mais o hotel e a alimentação da mulher”, afirma o delegado.

Há dois meses a Polícia estava investigando o caso e ontem (25) a criança foi custodiada para o Poder Judiciário. “Ela nasceu na segunda-feira e nós aguardamos a alta médica para mantê-la sob custódia. A partir de agora, manteremos as informações em sigilo para não atrapalhar nas investigações”, diz o delegado.

Por conta da proximidade de Costa Rica e Mineiros (GO), apenas 150 quilômetros de distância, o delegado ressalta que é comum os moradores se deslocarem para tratamento médico. E é nesse momento que ocorriam as negociações, segundo a Polícia.

Crime - Um grupo acusado de traficar crianças foi preso na terça-feira (25) pela Polícia Civil de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande. A ação contou com apoio da Polícia Militar de Mineiros (GO).

O casal acusado de comprar o bebê tem um grau elevado de instrução e boa situação financeira. Os envolvidos no caso serão indiciados por tráfico de crianças e associação criminosa. Outras pessoas de Costa Rica são investigadas por uma possível facilitação da compra.