Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 22 de Outubro de 2021

Policial

Dirceu Longhi e esposa são indiciados por formação de quadrilha

Dourados Agora

01 de Abril de 2011 - 14:55

A Delegacia de Polícia Federal de Dourados encerrou, dia 22 de março, Inquérito Policial que resultou no indiciamento, por formação de quadrilha e cárcere privado, do vereador Dirceu Aparecido Longhi e da esposa Arlete Pereira de Souza.

Segundo nota oficial da Polícia Federal, investigações apontam que ambos foram os incentivadores e financiadores diretos da invasão ao prédio da Fundação Nacional do Índio (FUNAI), no final de 2009, quando, após meses de acampamento em frente ao órgão, indígenas invadiram o prédio e mantiveram diversos servidores como reféns.

De acordo com o apurado, a ordem para a invasão partiu de Dirceu e Arlete, que pretendiam forçar a saída da então administradora da Funai, Margarida Nicoletti, e assumir a adminsitração regional da FUNAI em Dourados, com o fim de utilizá-la em benefício da então candidatura de Dirceu a Deputado Estadual.

Ambos foram indiciados por infração aos artigos 148 e 288, do Código Penal. O inquérito foi relatado e encaminhado ao Ministério Público Federal de Dourados.