Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 24 de Outubro de 2020

Policial

Dono de jornal é executado em frente de casa, no bairro Giocondo Orsi

Testemunhas ouviram entre três e cinco disparos. A vítima tinha cinco perfurações, e munições calibre .48 foram encontradas na rua.

Campo Grande News

22 de Novembro de 2012 - 09:00

O dono do jornal eletrônico Última Hora News, Eduardo Carvalho, 52 anos, foi executado nesta noite em Campo Grande. O crime aconteceu na rua Cláudia, no bairro Giocondo Orsi, em frente à casa de Carvalho.

As informações apuradas indicam que dois homens em uma motocicleta foram os responsáveis pela execução. Eles esperavam pela vítima no local e um deles disparou contra Carvalho, que morreu no local.

Ele chegava em casa com a mulher, em um veículo Fusion. Enquanto a mulher foi estacioná-lo na garagem, Carvalho desceu e foi guardar a moto, que sempre deixava para fora. Neste momento, ele foi alvejado.

O Samu (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência) foi acionado, mas quando chegou ao local, a vítima estava morta. Policiais civis, militares e bombeiros estão no local. Familiares também estão no lugar do crime.

Testemunhas ouviram entre três e cinco disparos. A vítima tinha cinco perfurações, e munições calibre 38 foram encontradas na rua.

A hipótese inicial de que a dupla de moto voltou depois de atirar para conferir se a vítima estava morta foi afastada e a mais cogitada agora é que eles tenham voltado para buscar um cartucho da pistola que deixaram cair no momento do crime. Os bandidos fugiram em direção à Via Parque.

Eduardo Carvalho era ex-policial militar. Ela havia sofrido um atentado anterior, quando estava no carro com a filha. O jornal que ele comandava costumava publicar matérias polêmicas e criar desafetos