Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 22 de Abril de 2021

Policial

Duelo na rua entre "Cabeção" e "Gordinho" resulta em um deles morto em Campo Grande

Testemunhas informaram que por volta das 23h20, a vítima começou a discutir com Rafael Correa da Silva, o “Gordinho”, de 21 anos

Midiamax

11 de Novembro de 2014 - 09:25

Alexandre da Silva Torres, o “Cabeção”, de 31 anos, morreu no fim da noite de segunda-feira (10), no Conjunto Residencial Estrela do Sul, região norte de Campo Grande. O caso foi registrado como homicídio doloso, com intenção de morte, na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Testemunhas informaram que por volta das 23h20, a vítima começou a discutir com Rafael Correa da Silva, o “Gordinho”, de 21 anos. A briga chegou a chamar a atenção de populares por conta do tom de voz. Em um momento, o suspeito chegou a dizer à vítima “eu não tenho nada a perder, baixa sua bola, você tem mulher e filhos”.

Já a vítima ignorou o recado e desafiou o suspeito: “não vou baixar a bola, pode vir”. Ocasião em que, Rafael sacou o revólver que estava na cintura e efetuou os disparos. Alexandre tentou escapar, mas acabou sendo alvejado por tiros e caiu na esquina das ruas, Mundo da Lua com a Madame Batterfly.

Em seguida, o suspeito fugiu do local em uma motocicleta. A vítima foi atingida na cabeça, próximo da orelha direita, clavícula e costas. Equipes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegaram a ser acionadas, mas ao chegar ao local, constataram a morte do rapaz.

A vítima tinha passagem por tráfico de drogas e roubo. Já Rafael Correa da Silva não foi localizado até o momento.