Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 15 de Maio de 2021

Policial

Encontrada 4 dias após sumir, criança diz que foi abusada por desconhecido

O crime é investigado pela Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).

Midiamax

07 de Fevereiro de 2017 - 15:36

Menina de 12 anos, moradora no Jardim Tarumã, que foi encontrada no último dia 29 após passar quatro dias desaparecida, disse à polícia que “manteve relações sexuais” com um desconhecido. Ela foi encontrada no Jardim Aeroporto e o caso é tratado como estupro de vulnerável.

O crime é investigado pela Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente). Para o setor psicossocial, a menina disse em depoimento que saiu de casa insatisfeita com o relacionamento com a mãe. Além disso, afirmou que esteve em uma casa, onde fazia trabalhos domésticos para ‘pagar’ a estadia.

A princípio a mãe chegou a declarar que a menina disse a ela ter sido sequestrada e que estava em uma casa, com vários homens, que abusavam sexualmente dela. O estupro foi confirmado pela polícia, mas a menina chegou a afirmar em depoimento que “manteve relações sexuais” com um desconhecido.

Mesmo com consentimento, como a criança tem menos de 14 anos, é configurado o estupro de vulnerável. O caso segue em investigação, mas o suposto autor ainda não foi identificado pela polícia.