Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 11 de Agosto de 2022

Policial

Escondido em guarda-roupas, acusado de matar homem com garrafada é preso

O homem foi encaminhado à 4ª Delegacia da Polícia Civil, que investiga a motivação do crime, onde deve prestar esclarecimentos e, posteriormente, ir para um presídio.

Campo Grande News

16 de Outubro de 2015 - 13:33

Luiz Antônio Coelhar Morena de 41 anos, conhecido como "Padeiro", foi preso na manhã desta sexta-feira (16), em uma residência na rua Doutor Rudel Trindade, no bairro Parque Novo Século. Conforme a polícia, o homem teria matado Jair Donizete Teófilo de 46 anos, o "Cachorro", com golpes de garrafas no pescoço, durante briga em um bar na tarde de domingo (14) no Jardim Itamaracá, em Campo Grande.

A prisão ocorreu depois que policiais militares da 6ª CIPM (Pelotão Moreninhas) receberam uma denúncia por meio do telefone funcional da equipe, de que o autor estaria escondido na residência. Os policiais foram até o local e encontraram Luiz dentro de um guarda-roupas.

O homem foi encaminhado à 4ª Delegacia da Polícia Civil, que investiga a motivação do crime, onde deve prestar esclarecimentos e, posteriormente, ir para um presídio.