Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 8 de Maio de 2021

Policial

Ex confessa que quebrou pescoço de mulher antes de jogá-la na piscina

Por causa da briga, Vagner foi retirado para fora por um dos seguranças do estabelecimento.

Campo Grande News

17 de Fevereiro de 2017 - 13:10

O assistente administrativo Vagner Lopes, 39 anos, confessou que quebrou o pescoço da funcionária pública Luciane de Freitas, 43 anos, antes de jogá-la na piscina. A vítima foi encontrada morta pela filha de 13 anos, na casa onde moravam, na manhã de segunda-feira (13), na rua Ouro Negro, no bairro Marcos Roberto, em Campo Grande. Desde o dia do crime, Vagner estava foragido e foi preso ontem (16), em Sidrolândia.

Ele foi apresentado hoje durante coletiva de imprensa na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher). Segundo a delegada Anne Karine Sanches Trevizan, responsável pela investigação, Luciane descobriu uma traição e terminou com o acusado em outubro do ano passado, mas o ex não aceitava o fim do relacionamento e sempre a perseguia. Os dois não tinham filhos juntos.

Véspera do crime - O homem aproveitava para invadir a casa da vítima quando alguém abria o portão de elevação para entrar ou sair da casa. No sábado (11), Luciane fazia uma festa, quando Vagner invadiu a residência e a encontrou abraçada com um homem.

Descontrolado com a situação, o acusado teve que ser retirado do local pelos convidados da funcionária pública. Na noite de domingo (12), a vítima saiu com os amigos e foi para uma conveniência, no bairro Taquarussu, onde costumava ir aos finais de semana. Lá, ela encontrou o ex-marido e os dois começaram a discutir.

Por causa da briga, Vagner foi retirado para fora por um dos seguranças do estabelecimento. O acusado, então, ficou consumindo bebida alcoólica na região até que a mulher fosse embora do bar. Ao ir para a casa, a vítima foi seguida e quando chegou no imóvel foi surpreendida pelo ex, que entrou no momento em que a mulher abriu o portão de elevação.