Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 27 de Janeiro de 2022

Policial

Grupo de Teatro da Capital é vítima de incêndio criminoso

A perícia foi acionada e constatou que a causa para o início do fogo foi intencional.

Campo Grande News

02 de Maio de 2011 - 10:19

A sede do Grupo Teatral de Risco foi vítima de um incêndio criminoso na madrugada deste domingo (1), em Campo Grande. O fogo destruiu a frente do prédio, onde funciona o escritório do Grupo e o Ponto de Cultura Afrodite-se em Ponto, que abriga uma biblioteca e uma sala de informática.

Segundo informações da integrante do Grupo, Fernanda Kunzler, o incêndio destruiu DVDs, documentos, livros, cadeiras e filmes. A companhia ainda não estimou o prejuízo total, mas avalia que os danos podem ser ainda maiores, pois o fogo pode ter atingido os computadores do local.

Fernanda, que participa do Grupo há mais de 10 anos, disse que os integrantes foram acionados pelos bombeiros no início da manhã de domingo. Os militares informaram que foram acionados até o prédio para apagar um incêndio em uma das áreas durante a madrugada.

A perícia foi acionada e constatou que a causa para o início do fogo foi intencional.

“Não sabemos quem pode ter feito isso. A sede do Grupo está nesse lugar há quase 11 anos e nunca tivemos nenhum incidente com a vizinhança ou com outra pessoa”, afirma Fernanda.

Ainda de acordo com a integrante, as câmeras de segurança de um comércio próximo registraram o momento em que uma pessoa chega de motocicleta e para em frente ao prédio, por volta das 3h. O individuo desce da moto, vai até o local e depois vai embora. Cerca de 5 minutos depois o fogo começa.

Uma janela do Ponto de Cultura foi quebrada e, provavelmente, o autor utilizou o buraco para provocar o incêndio. As imagens ainda serão capturadas e entregues a Polícia Civil, que investiga o caso.

As atividades do Afrodite-se em Ponto ficarão interditadas até que toda a estrutura seja refeita. O local oferecia oficinas de leitura e computação, entre ouras atividades culturais abertas à comunidade.

O Grupo Teatral de Risco existe há 23 anos e já produziu mais de 30 espetáculos dentre adultos, infanto-juvenis e de bonecos, além de documentários e programas de televisão.