Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 22 de Outubro de 2020

Policial

Homem casado mantinha amante e bebê em cárcere há cerca de um ano

Segundo o delegado Paulo Sérgio Lauretto, da DEPCA (Delegacia Especializada Proteção à Criança e ao Adolescente), a jovem contou que eles já estavam juntos desde junho de 2013

Campo Grande News

20 de Agosto de 2014 - 15:52

Dirceu Benites, 40 anos, é acusado de manter a amante, uma adolescente de 17 anos, e o filho de cinco meses em cárcere privado em uma casa no Bairro Guanandi. O homem, casado, trancava a casa com dois cadeados pelo lado de fora.

Segundo o delegado Paulo Sérgio Lauretto, da DEPCA (Delegacia Especializada Proteção à Criança e ao Adolescente), a jovem contou que eles já estavam juntos desde junho de 2013. Um tempo depois ele saiu de casa e foi morar com ela, junto com a sogra.

A esposa de Dirceu acabou descobrindo a traição do marido, então os dois se mudaram para uma casa alugada no Bairro Guanandi, período onde ele começou a agredi-la e trancá-la dentro de casa. A adolescente afirmou que só poderia sair se ele a acompanhasse. Ontem (19) a jovem conseguiu sair de casa para comprar um remédio em uma farmácia na Avenida Manoel da Costa Lima. Atrás da receita médica, ela escreveu um pedido de socorro.

O atendente leu o texto e chamou a polícia, que localizou o endereço no posto de saúde do bairro. A jovem foi encontrada na casa da esposa de Dirceu, que alegou que a adolescente não estava na residência, mas os policias acabaram a encontrando.

A casa onde a adolescente morava com Dirceu estava com a água e a energia cortadas.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga. A mulher do acusado foi encaminhada para a delegacia, porém foi liberada após prestar depoimento. Várias diligências foram feitas pelo bairro, mas Dirceu não foi encontrado pela polícia, conforme o delegado. Amanhã (20) começam as oitivas com as testemunhas e parentes da vítima e acusado.

A adolescente e o filho foram encaminhados para o Conselho Tutelar.