Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 18 de Agosto de 2022

Policial

Homem é preso em flagrante após matar a esposa; 3º caso em 10 dia

Maria Gilda ainda tentou correr e pedir ajuda a cunhada, mas não resistiu e caiu na varanda dos fundos da residência.

Bonito Informa

25 de Agosto de 2015 - 07:49

Maria Gilda Carvalho, 50 anos, foi morta com pelo menos 12 facadas na madrugada de segunda-feira (24), na Rua Nossa Senhora Aparecida, em Bonito. Em dez dias, esta é a terceira mulher morta pelo marido no Estado.

O principal suspeito de ter cometido o crime é Antônio Alves dos Santos, 56 anos, marido da vítima. Conforme o site, o homem trancou a porta do quarto do filho por fora e atacou a mulher em um dos cômodos da casa.

Ela foi ferida nas costas, no tórax, na face e no braço. Maria Gilda ainda tentou correr e pedir ajuda a cunhada, mas não resistiu e caiu na varanda dos fundos da residência.

Em depoimento, os familiares disseram, que nos últimos meses Antônio não andava bem da cabeça e comentava que a esposa tinha um amante e planejava fugir de casa. Maria Gilda tinha dos filhos e um neto. Antônio Alves foi preso em flagrante nesta manhã.

Casos - Na noite do dia 15 deste mês, Lucimara Patricia Clemente, 22 anos, foi morta com pelo menos quatro facadas na Rua Andorinha, no Centro de Sete Quedas. A vítima, Lucimara socorrida, mas não resistiu. O principal suspeito de ter cometido o crime é o marido dela, Valmir Paulino Mariano, 26 anos.

No dia 18 deste, antes de cometer suicídio, o técnico de som Reginaldo da Costa Gomes, 33 anos, matou a mulher, Maria Ana Gonçalves, com 10 facadas. O caso aconteceu na residência do casal na José Alves Cavalheiro, na Vila Indiana, em Amambaí.