Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 27 de Outubro de 2021

Policial

Ibama flagra plantio de soja transgênica na Serra da Bodoquena

As regras foram definidas pelo Conama para preservar a integridade da biodiversidade do parque sem riscos de seu comprometimento

Midiamax

25 de Fevereiro de 2011 - 16:37

Em uma operação no Parque Nacional da Serra da Bodoquena e em fazendas próximas, o Ibama/MS flagrou 88,3 hectares de plantio de soja ilegal. De acordo com o Ibama/MS, desse total, 17,9 hectares estavam dentro da área do Parque.

A equipe conjunta de técnicos do Ibama de Mato Grosso do Sul, Goiás e do ICMBio Chico Mendes percorreu os limites do parque durante três dias munida de kits que permitem a verificação “in loco” do tipo de soja plantada no local. Ao todo, foram escolhidos 39 alvos localizados ao longo do entorno do parque.

Os alvos foram escolhidos com base no decreto 5950 de 31 de outubro de 2006 que “ estabelece os limites para o plantio de produtos geneticamente modificados em áreas que circundam as unidades de conservação”.

No caso do Parque Nacional da Serra da Bodoquena o limite para o plantio da soja é de 500 metros a partir do seu perímetro, na zona de amortecimento é totalmente proibido na área interna do parque. As regras foram definidas pelo Conama para preservar a integridade da biodiversidade do parque sem riscos de seu comprometimento.

O parque têm 76 mil hectares e está localizado numa região ainda preservada do Estado de Mato Grosso do Sul e tem por perto o Campo dos índios, a Reserva indígena Kadwéu, uma área também ainda preservada e que demanda atenção especial do Ibama no Estado pela proximidade entre as duas unidades que precisam ser protegidas.