Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 13 de Agosto de 2022

Policial

Idoso que morreu enforcado em asilo já tinha tentado matar mulher a martelada

O idoso estaria muito agressivo porque não podia consumir bebidas alcoólicas no asilo e, por isso, teve as mãos amarradas com lençóis na cama

Midiamax

11 de Setembro de 2015 - 10:15

Fernando Vega Vergara, de 83 anos, vítima de enforcamento na noite de quarta-feira (2), já tinha passagem pela polícia por tentativa de homicídio. O idoso foi encontrado morto na manhã do dia 3, enforcado por lençóis na cama do asilo, em Camapuã.

De acordo com informações da Polícia Civil, Fernando fazia uso de bebidas alcoólicas e poderia ser considerado alcoólatra. Ele era sempre visto na cidade, embriagado, e já foi chamado a comparecer à delegacia várias vezes. Em uma das ocasiões, após bebedeira, Fernando deu uma martelada na cabeça da mulher, fato pelo qual foi autuado por tentativa de homicídio.

Além disso, ele também já foi vítima de tentativa de homicídio, quando foi esfaqueado nas costas após uma discussão. Segundo a Polícia Civil, testemunhas foram ouvidas sobre a morte de Fernando e há fortes indícios de que o enforcamento foi acidental. O idoso estaria muito agressivo porque não podia consumir bebidas alcoólicas no asilo e, por isso, teve as mãos amarradas com lençóis na cama. Ainda assim, ele teria tentado fugir e acabou se enforcando.

Conforme depoimento de funcionários do asilo, um técnico de enfermagem chegou a prestar primeiros socorros, mas o idoso não resistiu. O caso é tratado como morte a esclarecer e segue em investigação.