Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 19 de Outubro de 2021

Policial

Indígenas liberam BR-262 e índio baleado passa bem

Segundo informações do cacique da Aldeia Cachoeirinha, Adilson Antônio, o fazendeiro tentou furar o bloqueio em uma caminhonete, desceu do carro e atirou para baixo.

Campo Grande News

19 de Setembro de 2013 - 13:50

Os indígenas que bloqueavam a BR-262 em Miranda, na manhã desta quinta-feira (19), liberaram a rodovia por volta das 13 horas. Durante o movimento, o indígena Abrão Pereira foi baleado em um dos pés por um suposto fazendeiro da região.

Segundo informações do cacique da Aldeia Cachoeirinha, Adilson Antônio, o fazendeiro tentou furar o bloqueio em uma caminhonete, desceu do carro e atirou para baixo.

Cerca de 80 indígenas participavam do bloqueio em exigência a exoneração do coordenador da Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena), Nelson Carmelo. De acordo com Paulino Terena, os índios resolveram deixar a rodovia depois da informação de que a Polícia Federal estaria indo para o local.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) confirmou que uma equipe da PF está em direção da BR-262 para apurar o responsável pelo tiro disparado contra Abrão. Os indígenas afirmam ainda que o estado de saúde do terena é bom e que ele deve receber alta em breve.

A reportagem do Campo Grande News tentou contato com o Hospital Regional de Miranda, mas as ligações não foram atendidas até o fechamento da matéria.