Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 21 de Setembro de 2020

Policial

Integrante de facção criminosa é morto em confronto com a PM

Comparsa foi preso tentando fugir pulando o muro.

Correio do Estado

27 de Novembro de 2019 - 15:14

Morto em confronto com a polícia, Lucas Kauã Martins Vinco de Oliveira, de 20 anos, morreu ontem (26), após ser baleado pela Polícia Militar em troca de tiros no bairro Jardim Los Angeles, região sul de Campo Grande. Além dele, que fazia parte de facção criminosa segundo a polícia, o comparsa Pedro Silvério da Silva Junior, 20, foi preso tentando pular o muro da residência.

O criminoso era suspeito de recrutar diversos adolescentes para montar uma quadrilha com intuito de praticar vários furtos na região no bairro Mata do Jacinto. Os furtos eram recorrentes na região e começou com ele e o comparsa.

Um dos casos aconteceu na semana passada,  segundo a polícia, câmeras de segurança flagraram a dupla chegando em um VW Gol, de cor escura em uma das residência do bairro. Um deles desceu do carro, ficou observando se alguém estava no local e forçou a abertura do portão. Eles invadiram a casa e minutos depois, saíram com objetos nas mãos, entre eles uma televisão- que foi localizada na casa do criminoso que morreu baleado.

Lucas, que estava com revólver calibre 32 segundo o policial, chegou a ser socorrido e levado na Unidade de Pronto Atendimento (Upa) do Universitário, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Na residência do Jardim Los Angeles, onde Lucas ficava,  a polícia encontrou drogas, revólveres, uma televisão, máquina de alta pressão, dois tênis e celulares.

O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) no Bairro Piratininga.