Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 30 de Outubro de 2020

Policial

Jardineiro acusado de manter adolescente em cárcere se entrega

O jardineiro teve a prisão preventiva decretada pela Justiça e tentou obter um habeas corpus para se apresentar à Polícia e prestar depoimento

Campo Grande News

22 de Agosto de 2014 - 15:42

Acusado de manter uma adolescente em cárcere privado há um ano, o jardineiro Dirceu Benites, 40 anos, entregou-se, há pouco, na DEPCA (Delegacia de Atendimento à Criança e ao Adolescente), em Campo Grande. Acompanhado de Marcos Roberto, marido da advogada Rosana Espíndola Tognini, ele chegou, por volta das 16h40, com um capacete e com a cabeça coberta por uma toalha.

O jardineiro teve a prisão preventiva decretada pela Justiça e tentou obter um habeas corpus para se apresentar à Polícia e prestar depoimento. Ele é acusado de manter a adolescente trancada dentro de casa, com um bebê.

A jovem só conseguiu escapar, conforme o delegado Paulo Lauretto, após fazer o pedido de socorro atrás de uma receita médica entregue a uma farmacêutica de uma drogaria na Avenida Manoel da Costa Lima. Após ver a anotação, a mulher acionou a Polícia Militar, que foi ao posto de saúde e descobriu o endereço da vítima.

Na casa, localizada no Bairro Guanandi, na saída para Sidrolândia, a ex-mulher do jardineiro, Rosa da Conceição Moreira, 51, tentou esconder a adolescente, mas os policiais viram a menina por uma fresta da casa e a libertaram.

Na manhã de hoje, Rosa foi à delegacia e defendeu o ex-marido. Ela disse que ele está sendo vítima de um ciúme doentio da menina. Que o casal morava no Bairro Taquarussu, mas foi obrigado a se mudar de casa porque houve uma infestação de ratos em decorrência da adolescente não cuidar bem da casa.

Antes de Dirceu se apresentar, a advogada Rosana Tognini esteve na delegacia e mediou a apresentação.