Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 2 de Dezembro de 2020

Policial

Jovem que matou travesti de 14 anos diz que cometeu crime ao flagrar roubo

A travesti foi assassinada ontem (10) em uma edícula de Angélica – a 263 quilômetros da Capital.

Campo Grande News

11 de Março de 2014 - 14:29

Um jovem de 23 anos que é suspeito de matar o adolescente Vitor Leandro Alves da Silva, 14 anos, conhecido como a travesti Vanessa, confessou o crime e disse que cometeu o ato ao flagrar o roubo da casa onde morava. A travesti foi assassinada ontem (10) em uma edícula de Angélica – a 263 quilômetros da Capital.

Rafael Nantes dos Santos foi preso, ainda ontem, em Casa Verde, distrito de Nova Andradina, ao tentar embarcar em um ônibus de viagem com destino a São José do Rio Preto (SP). Ele confessou que matou a travesti e abandonou o corpo dela jogado embaixo da cama.

Os dois brigaram antes de ela ser morta, conforme informou o site Ivi Notícias. "Estava chegando em casa e percebi que a porta estava destrancada, quando entrei, deparei com o rapaz, ele estava tentando furtar minha casa, como estava com efeito de álcool, não me lembro de como matei, mas foi com um fio", disse o suspeito.

Familiares do suspeito disseram à polícia que Rafael estava sendo ameaçado de morte por uma travesti, mas não soube dizer quem. Na noite anterior ao crime, ele pediu para dormir na casa da avó.