Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 24 de Julho de 2024

Policial

Mineradora é multada por desviar curso de córrego para extrair areia

Os policiais também determinaram que sejam feitas intervenções para que o leito volte ao curso normal

Com informações da PMA

18 de Setembro de 2012 - 08:07

O proprietário de mineradora de areia em Cassilândia foi autuado por destruir área de preservação permanente de um curso de água. A PMA (Polícia Militar Ambiental) flagrou a irregularidade durante fiscalização ontem à tarde.

Ele fez o desvio de um córrego no sítio Nossa Senhora Aparecida, destruindo a vegetação ciliar, que é área de preservação, para facilitar a extração de areia. A mineradora possuía licença ambiental, mas não tinha permissão para intervenções que alterassem o curso da água.

As atividades foram interditadas, inclusive de mineração. O infrator foi notificado a apresentar um plano de recuperação da área degradada – PRAD, junto ao órgão ambiental. Os policiais também determinaram que sejam feitas intervenções para que o leito volte ao curso normal.

Ele foi autuado administrativamente e multado em R$ 1 mil, além de responder por crime ambiental, que tem pena de detenção de 1 a 3 anos.