Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 11 de Agosto de 2022

Policial

Motorista perde controle e caminhão tomba em curva sem sinalização

Depois do acidente, vazou óleo diesel do veículo pela pista, por isso o trânsito no local está sendo controlado pela PRE (Polícia Rodoviária Estadual).

Campo Grande News

23 de Outubro de 2015 - 14:15

Um caminhão frigorífico, carregado com 28 toneladas de carne, tombou por volta das 10h desta sexta-feira (23), depois de o motorista perder o controle do veículo em uma curva na MS-040, há sete quilômetros do anel viário, próximo a Escola Agrícola Arnaldo Estevão Figueiredo, na saída de Campo Grande para São Paulo. Depois do acidente, vazou óleo diesel do veículo pela pista, por isso o trânsito no local está sendo controlado pela PRE (Polícia Rodoviária Estadual).

Conforme o motorista do caminhão, que se identificou apenas como Roberto de 42 anos, ele perdeu o controle do veículo depois de passar por uma curva, sem sinalização. "Eu estava descansado e não estava em alta velocidade. Foi tudo muito rápido", disse.

Ainda conforme o caminhoneiro, a carga com 28 quilos de carne veio de Várzea Grande, no Mato Grosso e seguia para São Paulo. Ele teve apenas um ferimento na mão direito e foi atendido pelo Corpo de Bombeiros.

Segundo o subtenente da PRE, Marcelo Alexandre da Silva, alguns trechos de rodovias estaduais de Mato Grosso do Sul realmente estão sem sinalização, por isso os motoristas de fora do Estado precisam redobrar a atenção. "Cabe ao motorista prestar mais atenção quando dirige em uma rodovia que não lhe é familiar, para evitar acidentes", explicou.

Ainda conforme o policial, como o caminhão tombou na pista, é muito provável que estivesse acima da velocidade mínima permitida naquele trecho, que é de 80 quilômetros para caminhões.

Feriado - Em função do feriado de Finados, que será na próxima sexta-feira (02), a PRE (Polícia Rodoviária Estadual) alerta os motoristas que irão viajar, sobre a necessidade de maior atenção e respeito as normas de trânsito.

Segundo o Subtenente, a partir da semana que vem, o movimento começa a ficar maior, e com o pedágio na rodovia BR - 163, o fluxo nas rodovias estaduais deve ficar mais intenso e perigoso. "É preciso atenção redobrada", reforça o policial.