Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 24 de Novembro de 2020

Policial

O desafio da polícia é moldar o comportamento de motoristas e pedestres

A PM tem realizado com frequência campanhas de conscientização e fiscalizações rígidas a fim de resolver este problema

Campo Grande News

28 de Agosto de 2014 - 13:08

O maior desafio do 17º Batalhão de Trânsito da Polícia Militar de Campo Grande é tentar moldar o comportamento dos condutores e pedestres, afirma o tenente coronel Jonildo Theodoro, comandante da unidade que comemorou um ano de existência nesta quinta-feira (28).

Segundo ele, a frota cresceu significativamente nos últimos meses, e hoje cerca de 480 mil veículos, sendo que 30% deles são motos, trafegam pela Capital Sul-Mato-Grossense, gerando lentidão no trânsito e congestionamento em horários de pico, no entanto, o campo-grandense ainda não se habitou neste cenário.

“As pessoas estavam acostumadas a se programarem de uma maneira que não levava em consideração o atraso por causa do trânsito. Hoje o cenário é outro, e reflete na pressa e na disputa por espaço, o que resulta em infrações e acidentes de trânsito. É preciso se programar levando em conta os imprevistos”, explica o comandante Jonildo.

A PM tem realizado com frequência campanhas de conscientização e fiscalizações rígidas a fim de resolver este problema. “Estamos atentos a este cenário, mas de nada adianta se não houver uma conscientização por parte de motoristas e pedestres. Não basta ruas bem sinalizadas e fiscalizações diárias se não houver a vontade de mudar no cidadão”, comenta.

O comandante afirma que mensalmente são registrados entre 700 e 800 acidentes de trânsito na Capital, incluindo aqueles com apenas danos materiais. De janeiro a junho 52 pessoas morreram vítimas de acidente. 60% deste número eram motociclistas e boa parte deles não possuía habilitação. “Temos batido forte com operações conjuntas com outros órgãos de trânsito. Por semana fazemos até três operações, tirando de circulação pessoas não habilitadas e veículos com a documentação irregular. Mas gosto de reforçar que o cidadão precisa estar consciente de seus atos, e respeitar as leis de trânsito, dirigindo com prudência”.

Mais Campanhas - Entre os dias 18 e 25 de setembro o 17º Bptran participa da Semana Nacional de Trânsito. Para a ocasião estão previstas inúmeras ações da PM em conjunto com órgãos do setor, com o objetivo de alertar motoristas sobre o risco da direção imprudente.

“Faremos ações específicas com foco no limite de velocidade, álcool e direção, uso de celular ao volante, entre outros, reprimindo motoristas que desrespeitam legislação e parabenizando aqueles que seguem as regras”, disse.

Aniversário – O 17º Bptran comemorou nesta manhã um ano de fundação, juntamente com a Polícia Militar de Trânsito, que celebra 35 anos. Na oportunidade, cidadãos e policiais que tiveram destaque no cumprimento de seus deveres foram homenageados. O comandante-geral da PM em Mato Grosso do Sul, o coronel Valter Godoy Rojas, enalteceu a importância da Polícia de Trânsito.

“A Polícia de Militar de Trânsito, por meio do 17º Bptran, é referência de policiamento ostensivo, pois ajuda a manter a segurança nas ruas da Capital. O órgão aumenta a tranquilidade de motoristas e pedestres, pois além de inibir acidentes e reprimir as ações de infratores, também impede outros crimes por meio da presença dos policiais que impõem respeito”, comentou.