Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 24 de Novembro de 2020

Policial

Operação Limpa Terenos cumpriu 7 mandados e prendeu 3 em flagrante

Na casa de Romilda, os policiais encontraram 10,2 gramas de pasta base de cocaína dentro de uma lajota.

Campo Grande News

27 de Fevereiro de 2014 - 15:19

Deflagrada com objetivo de combater o tráfico de entorpecentes na cidade que fica a 25 quilômetros de Campo Grande, a Operação Limpa Terenos cumpriu sete mandados de busca e apreensão, recolheu cocaína de bocas de fumo e prendeu três traficantes em flagrante.

Oito casas que funcionavam como pontos de vendas de drogas foram vistoriadas pela polícia. Os locais foram apontados por usuários de drogas, conforme explicou o delegado titular da delegacia local, Daniel Rodrigues da Silva. “Só em um terreno, onde tinham duas casa, três pessoas foram presas”, disse.

As “bocas de fumo” em que os traficantes vendiam cocaína ficavam em um mesmo terreno na Rua Hans Pedro, bairro Camilo Boni. Os traficantes presos em flagrante foram Romilda Martins Vieira, 22 anos, que morava na casa da frente, e o casal Jorselino Ventura Cristaldo de Oliveira, 37, e Jussara da Silva Albres, 43, que vivia na casa dos fundos.

Na casa de Romilda, os policiais encontraram 10,2 gramas de pasta base de cocaína dentro de uma lajota. No local, também foram apreendidos um chuveiro, um netbook, um estojo, três celulares, uma máquina fotográfica e uma tesoura. Os objetos eram utilizados como moeda de troca na compra de drogas.

Já na residência do casal foram apreendidos vários plásticos com restos de cocaína, dois celulares, uma bobina de fita adesiva e R$ 281,00. Jussara confessou que trafica drogas e disse que o entorpecente apreendido renderia 30 papelotes de cocaína, sendo que cada um seria vendido por R$ 10.

A Operação Limpa Terenos contou com apoio de investigadores da Denar (Delegacia de Especializada de Repressão ao Narcotráfico) da Capital. Os presos serão indiciados por tráfico de drogas (cuja pena varia de cinco a 15 anos) e associação para o tráfico (pena de dois a oito anos).