Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 19 de Abril de 2021

Policial

Operário desmaia em construção com 20 metros de altura na cidade de Nova Andradina

A remoção do operário foi bastante delicada devido à altura e o emaranhado de madeiras que sustenta a estrutura da obra

Nova News

12 de Novembro de 2014 - 10:51

Na tarde desta terça feira (11), por volta das 14h30, um jovem de 29 anos, que trabalha em uma empresa terceirizada, que presta serviço em uma obra da Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul), no Bairro Jardim Imperial, em Nova Andradina, precisou ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros após passar mal a mais de 15 metros de altura.  

Segundo informações de colegas de trabalho, o operário que trabalhava na construção de uma caixa d´água de mais de 20 metros de altura começou a reclamar que não estava se sentindo bem e acabou desmaiando sobre o andaime em que estava. Imediatamente o Corpo de Bombeiros foi acionado e prestou os primeiros atendimentos à vítima, ainda nas alturas. Durante o resgate o rapaz precisou receber oxigênio devido à dificuldade na respiração. O trabalhador utilizava os equipamentos de proteção individual.  

A remoção do operário foi bastante delicada devido à altura e o emaranhado de madeiras que sustenta a estrutura da obra. Além da prancha de resgate, os bombeiros utilizam uma espécie de maca chamada mamute, que é utilizada para resgate em alturas. A maca imobilizou inteiramente o corpo da vítima, facilitando seu resgate até o solo. Durante o processo de descida, os socorristas realizaram algumas pausas para monitorar o estado da vítima, que teve alguns sinais de parada respiratória. 

O homem foi encaminhado para o Hospital Regional Francisco Dantas Maniçoba, em Nova Andradina e segue internado em observação. Em contato com os companheiros de trabalho da vítima, o site obteve a informação de que durante o período da manhã, o rapaz desempenhou suas tarefas normalmente, sem apresentar nenhuma alteração e que, somente após as 14h, começou a se queixar de mal estar.