Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 8 de Março de 2021

Policial

Para não entregar celular, estudante reage a assalto e é atingido por dois tiros

Os militares relataram que tiveram que usar gás de pimenta para conter os populares, que estavam com os ânimos exaltados

Correio do Estado

08 de Outubro de 2014 - 09:11

Um estudante de 19 anos foi baleado ao reagir a um assalto por volta das 19h desta terça-feira (7). O crime aconteceu num ponto de ônibus localizado na Rua da Divisão, Bairro Parati, em Campo Grande. O menor infrator M.W.S.G., de 17 anos, foi apreendido.

O adolescente chegou ao ponto de bicicleta e, armado, anunciou o assalto. Para não ter que entregar seu aparelho celular ao bandido, o jovem então reagiu e entrou em luta corporal com o infrator, que efetuou dois disparos contra a vítima. Equipe da Polícia Militar, que passava pelo local, ouviu os tiros e se deparou com autor e vítima brigando no chão.

A vítima foi atingida por dois tiros no abdômen, socorrida por equipes do Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Em seguida, foi encaminhado para o pronto socorro da Santa Casa. Os militares relataram que tiveram que usar gás de pimenta para conter os populares, que estavam com os ânimos exaltados.

Com o menor a PM apreendeu um revólver calibre. 32, com cinco munições, sendo três picotadas e duas deflagradas. Segundo o delegado Gustavo Bueno, o menor tentou efetuar mais disparos contra o rapaz, no entanto, a arma falhou.

O infrator foi levado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Piratininga, de onde foi transferido para a Unidade Educacional de Internação (Unei) Novo Caminho.