Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 2 de Dezembro de 2020

Policial

PM impede aposentado de transferir R$ 6,5 mil para conta de golpista

Contente com possibilidade de ganhar os prêmios, Darci foi até agência onde é cliente e passou o saldo, que era de R$ 6,5 mil reais.

Diário MS

04 de Dezembro de 2012 - 09:44

Se não fosse a intervenção da Polícia Militar, o aposentado Darci de Araújo, de 75 anos, teria perdido R$ 6,5 mil reais em um golpe, no final da tarde deste domingo (2), em uma agência bancária no Centro de Coxim.

Conforme informações policiais, Araújo recebeu primeiro um torpedo no seu celular onde dizia que ele havia ganhado “um veículo Fiat Bravo 0KM e mais R$ 50 mil reais em dinheiro em uma promoção.

Depois de um tempo, uma pessoa que se dizia representante do programa de televisão dominical ligou do número 085 8108-0873, informando que Araújo havia sido sorteado entre vários outros números e pediu para que ele fosse até a agência bancária e verificasse qual era seu saldo atual no momento, para que a vítima pudesse participar e ganhar mais prêmios.

Contente com possibilidade de ganhar os prêmios, Darci foi até agência onde é cliente e passou o saldo, que era de R$ 6,5 mil reais. Assim que ele revelou o valor e conversava com o estelionatário, um cliente do banco, Silvaney Santana, de 31 anos, ouviu a conversa e suspeitou que Darci estivesse caindo num golpe.

Imediatamente, Santana acionou a Polícia Militar que foi até a agência bancária e impediu que Araújo transferisse a quantia para a conta do estelionatário.

A vítima estava prestes a concluir a transação, foi quando o policial militar Lima chegou e apertou o botão cancelar, impedindo o golpe. A PM ainda tentou conversar com o estelionatário, mas além de ofender verbalmente os policiais ele desligou o telefone.

O caso foi registrado e encaminhado para a 1ª Delegacia de Polícia Civil de Coxim, onde vai ser investigado.

Orientação da polícia

 Ao receber mensagens desse tipo, a polícia orienta que a pessoa as ignore. Se estiver concorrendo a algo, deve procurar informações e ler o regulamento do prêmio. Entre em contato com a emissora e se certifique da veracidade das informações. Nunca use um número fornecido pelo próprio golpista.