Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 29 de Outubro de 2020

Policial

PMA autua em R$ 16,5 mil três caçadores presos pela PMRE com arma e 9 animais abatidos

A PMA confeccionou autos de infração administrativos e arbitrou multa de R$ 5.500,00 contra cada autuado, perfazendo um total de R$ 16.500,00

PMA MS

02 de Agosto de 2014 - 10:20

Policiais Militares Ambientais de São Gabriel do Oeste (MS) foram chamados hoje de madrugada pela Polícia Militar Rodoviária Estadual, devido à prisão de três caçadores, na rodovia que liga São Gabriel à cidade de Rio Negro (MS), os quais estavam com duas armas e animais silvestres abatidos.

No local, a PMA verificou que os caçadores estavam em um veículo Chevrolet Celta, onde os Policiais Rodoviários encontraram uma espingarda carabina calibre 22, uma espingarda cartucheira calibre 32, com numeração raspada e duas espingardas de pressão, além de nove animais silvestres abatidos, sendo dois mamíferos da espécie cateto e sete pombos.

O veículo, as armas e os animais foram apreendidos. Os três caçadores, de 19, 23 e 45 anos, residentes em São Gabriel do Oeste receberam voz de prisão e foram conduzidos, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de São Gabriel do Oeste, onde eles foram autuados em flagrante por caça ilegal e porte ilegal de arma.

A pena para o crime de porte ilegal de arma é de três a seis anos de prisão, pois a pena é agravada, devido a uma das armas estarem com a numeração raspada. Pelo crime ambiental de caça, a pena é de seis meses a um ano de detenção.

A PMA confeccionou autos de infração administrativos e arbitrou multa de R$ 5.500,00 contra cada autuado, perfazendo um total de R$ 16.500,00.