Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 22 de Janeiro de 2022

Policial

PMA autua fazendeiro em R$ 6,9 mil por exploração ilegal de madeira

O autuado derrubava as árvores e as serrava com motosserras e transformando-as em palanques e estacas para uso em cercas.

Assessoria

18 de Outubro de 2013 - 08:00

Policiais Militares Ambientais de Coxim (MS) desenvolveram ontem à tarde fiscalização ambiental no município de Rio Verde de Mato Grosso (MS) e autuaram um fazendeiro por exploração de madeira seletivamente sem autorização ambiental.

A madeira ilegal estava armazenada em uma fazenda localizada a 130 km da cidade, na estrada da Serra da Alegria e fora retirada ilegalmente da propriedade. Não havia o Documento de Origem Florestal – DOF, que é o documento para armazenamento e transporte de qualquer produto florestal.

O autuado derrubava as árvores e as serrava com motosserras e transformando-as em palanques e estacas para uso em cercas. As atividades foram paralisadas e foram apreendidas 1.350 estacas de madeira das espécies vinhático e baru, medindo 23 m³. O proprietário rural foi multado em R$ 6.900,00 pela exploração ilegal da madeira. Ele ainda responderá por crime ambiental, com pena prevista de seis meses a um ano de detenção.