Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 27 de Janeiro de 2022

Policial

PMA autua pescador profissional pescando com petrecho ilegal e por capturar peixe fora da medida

No local da apreensão seria permitido ao pescador profissional o uso de redes com malha de 14 centímetros, porém, o pescador utilizava redes com malhas de 9 centímetros

Assessoria PMA

26 de Outubro de 2013 - 08:25

Policiais Militares Ambientais de Bataguassu (MS), que trabalham na Operação Pré-piracema, autuaram ontem no lago da Usina Sérgio Motta, a 20 km da cidade, um pescador profissional por pesca predatória.

O infrator, de 25 anos, residente no Centro de Bataguassu foi preso quando estava em uma embarcação e retirava peixes de redes com malhas menores do que a permitida (petrecho proibido) e ainda havia capturado pescado fora da medida permitida.

Ente os exemplares com tamanhos inferiores aos permitidos havia um pintado com 47 centímetros, quando a medida de captura permitida para a espécie é de 90 centímetros na bacia do rio Paraná

No local da apreensão seria permitido ao pescador profissional o uso de redes com malha de 14 centímetros, porém, o pescador utilizava redes com malhas de 9 centímetros. Com ele foram apreendidos 200 metros de redes e mais todo o pescado capturado ilegalmente, que totalizou 20 kg, além de um barco e um motor de popa.

Também foram soltos peixes que estavam vivos nas redes. O pescador foi multado em R$ 1.200,00. O autuado responderá por crime ambiental de pesca predatória. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.