Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 20 de Janeiro de 2021

Policial

PMA prende mais 3 turistas e já são 24 presos em uma semana por pesca ilegal

Os pescadores receberam voz de prisão e foram encaminhados, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Anastácio

PMA/MS

13 de Setembro de 2014 - 07:25

A Polícia Militar Ambiental tem reforçado em todos os anos durante o mês de setembro e outubro a fiscalização nos rios, no intuito de prevenir e reprimir a pesca predatória, tendo em vista a proximidade do período de piracema e, portanto, quando vários cardumes já se encontram formados e a quantidade de turistas e pescadores do Estado se intensifica. Exatamente por haver mais facilidades de captura em razão início da formação dos cardumes é que os turistas deixam para esses meses a pescaria. Diversas irregularidades têm sido encontradas.

Ontem, Policiais Militares Ambientais de Aquidauana (MS) realizavam fiscalização e encontraram 34 kg de pescado das espécies, pacu e piavuçu, havendo diversos exemplares abaixo da medida permitida para a captura, em um veículo For Ranger, onde estavam três turistas. Os infratores, residentes em Paraguaçu Paulista, Marília (SP) e Londrina (PR) haviam capturado os peixes no rio Aquidauana. O pescado e o veículo foram apreendidos.

Os pescadores receberam voz de prisão e foram encaminhados, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Anastácio, onde eles foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória. Se condenados poderão pegar pena de um a três anos de detenção. Cada autuado recebeu multa de R$ 1700,00, perfazendo um total de R$ 5.100,00. O pescado será doado para instituições filantrópicas da cidade.