Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 1 de Dezembro de 2020

Policial

Polícia Civil encontra dupla que tentou matar adolescente após briga por sumiço de celular

O crime aconteceu na no dia 30 de agosto e os suspeitos, identificados como Leonardo Gonçalves Ferreira e Diego Armando Pereira foram localizados pela polícia e prestaram depoimento

MidiaMax

03 de Setembro de 2014 - 16:06

A Polícia Civil conseguiu localizar dois homens de 23 e 32 anos suspeitos de participar do espancamento de um adolescente de 17 anos, nas proximidades da Avenida Fábio Zahran, em Campo Grande. De acordo com o delegado responsável pelas investigações, João Reis Belo, da 5ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande, o espancamento ocorreu, após os dois suspeitarem que o adolescente tivesse furtado o celular de um deles.

O crime aconteceu na no dia 30 de agosto e os suspeitos, identificados como Leonardo Gonçalves Ferreira e Diego Armando Pereira foram localizados pela polícia e prestaram depoimento na terça-feira (2). Eles confessaram a agressão durante depoimento.

Conforme o delegado, como já passou o período de flagrante, eles foram liberados. “Vamos analisar a possibilidade do pedido de prisão preventiva até o fim do inquérito”, explica. A dupla vai responder pelo crime pelo crime de tentativa de homicídio.

Espancamento

Segundo o delegado, a vítima começou recentemente a trabalhar em um lava-jato onde um dos suspeitos trabalhava. Na noite do dia 30, os três saíram para tomar cerveja em uma loja de conveniência e ingeriram 14 garrafas da bebida.

Quando eles foram embora, Leonardo percebeu que o celular havia sumido e suspeitou do adolescente. Ele e o amigo espancaram o garoto com chutes, socos e pancadas com uma pedra. Após o crime, eles fugiram e deixaram a vítima em estado grave no local.

Moradores acionaram o Corpo de Bombeiros, que socorreu o garoto. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, o adolescente está na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e o estado de saúde dele é considerado estável.