Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 22 de Abril de 2021

Policial

Polícia cumpre seis mandados durante ação em Mundo Novo

De acordo com denúncias, o adolescente estaria vendendo drogas no Bairro São Jorge da cidade

Correio do Estado

05 de Novembro de 2014 - 10:37

Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão durante força-tarefa composta por oito policiais civis e 12 policiais militares do Terceiro Pelotão da PM de Mundo Novo (MS), como parte da Operação Brasil Integrado III, deflagrada pelo Gabinete de Gestão Integrado de Fronteira (GGI-Fron).

Os pontos vistoriados são considerados suspeitos de venda de drogas e foram identificados através de um trabalho de investigação desenvolvido graças à denúncias feitas pela comunidade. Alessandro Alves Ozorio Durant, 18 anos, foi preso em flagrante por receptação, com vários objetos furtados. Durante interrogatório, ele confessou que, desde o início do ano passado até agora, juntamente com dois comparsas, furtou onze motocicletas em Mundo Novo, além de ter praticado vários outros furtos em residências.

Segundo Alessandro, os veículos foram vendidos na cidade paraguaia de Salto Del Guairá e o dinheiro obtido através da comercialização era utilizado na aquisição de drogas, que consumia junto com seus dois comparsas, já identificados. No início da tarde, foi identificado um adolescente de 17 anos, com várias passagens policiais, acusado de atos infracionais análogos a furto, direção perigosa na via pública, porte ilegal de arma, receptação. O menor foi apreendido, acusado de tráfico de drogas.

De acordo com denúncias, o adolescente estaria vendendo drogas no Bairro São Jorge. No momento da abordagem, constatou-se que o jovem possuía “trouxinhas” de maconha, que totalizaram 37 gramas, além de determinada quantia em dinheiro. O menor, que na manhã da última segunda-feira (3), estava com uma arma tipo garrucha, calibre .32, municiada com duas munições, conseguiu fugir na garupa da motocicleta de um comparsa, mas abandonou a arma em uma das ruas do Bairro Copagril.

“No dia 26 de outubro, o garoto acusado de aliciar jovens com idade inferior para a prática de tráfico de drogas, tentou matar com dois tiros Thiarli de Souza Dutra, 24 anos, um ex-presidiário, com quem mantém uma rixa antiga. Na quinta-feira (30), três adolescentes, membros de sua gangue, foram apreendidos com um revólver calibre 32, usado no atentado”, informou a polícia do município.

Já na manhã do último sábado (1º), Thiarli de Souza Dutra, que havia sido vítima da tentativa de homicídio, também foi preso, juntamente com sua irmã, de 27 anos de idade, Daiane de Souza Dutra, depois que os policiais o encontraram com um revólver calibre .38, municiado com seis projéteis intactos. A operação contou com policiais civis e militares, bombeiros, DOF, Marinha, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Exército, Aeronáutica e organismos de segurança de países vizinhos, como a Polícia Nacional do Paraguai e Polícia da Bolívia.