Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 9 de Maio de 2021

Policial

Polícia fecha laboratório que produzia 30 toneladas de cocaína por mês

Foi preso o Carlos Gimenez Armoa, 42 anos. Além da droga, o laboratório era equipado com moldes de metal e vários utensílios para misturar drogas.

Campo Grande News

19 de Fevereiro de 2017 - 20:04

Laboratório para manipulação de drogas foi descoberto na noite deste sábado (18) por agentes da Secretaria Nacional Anti Drogas, em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã.

No local, foram encontrados mais de 2,2 kg de cocaína, além de 1 kg de substância utilizada para aumentar o volume da droga. O laboratório poderia produzir até 30 toneladas de droga por mês, segundo o site Porã News.

Foi preso o Carlos Gimenez Armoa, 42 anos. Além da droga, o laboratório era equipado com moldes de metal e vários utensílios para misturar drogas.

O laboratório, localizado a poucos metros da fronteira entre o Paraguai com o Brasil, seria utilizado por traficantes como 'porta de entrada' de cargas de drogas para capitais brasileiras e, em seguida, enviadas para a Europa.