Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 8 de Março de 2021

Policial

Policia Federal caça acusado de integrar bando que atuava em quatro estados

Ele é suspeito de integrar um esquema de tráfico com ramificações em Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo e Minas Gerais

Correio do Estado

26 de Setembro de 2014 - 10:34

A Polícia Federal está à caça de Genaro Antônio Gimenes Morales, acusado de envolvimento com o tráfico de cocaína e na casa de quem foram apreendidos, no início da semana, cerca de R$ 540 mil, além de US$ 51 mil. Ele é suspeito de integrar um esquema de tráfico com ramificações em Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo e Minas Gerais.

Na residência de Genaro, em Ponta Porã, os federais cumpriram mandado de busca e apreensão encontrando, além dos reais e dólares, também uma motocicleta Suzuki GSX-R1000. O dinheiro estava em um cofre escondido embaixo de um santuário. A diligência na casa foi cumprida diante de informações colhidas pela Base de Inteligência da Polícia Federal em Guaíra (PR), dando conta de que o suspeito estava traficando drogas pelo interior dos estados de São Paulo e Minas Gerais. 

O envolvimento dele com esquema de tráfico teria sido confirmado pela apreensão de dois caminhões transportando o material ilícito no interior do tanque de combustível. Na apreensão dos caminhões, também realizada pela Polícia Federal, mais 536 quilos de substância entorpecente foram interceptados, e que também estariam vinculados a Genaro.