Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 10 de Agosto de 2022

Policial

Polícia prende dupla que ameaçava entrar na casa e matar rivais

Segundo a denúncia, Maicon e Nailson, chegaram numa bicicleta, pararam em frente do número 673 e fizeram a ameaça para Arielly Medeiros, que abriu a porta para atendê-los.

Flávio Paes/Região News

20 de Setembro de 2015 - 23:50

Duas guarnições da Polícia Militar se deslocaram na madrugada deste domingo para prender dois jovens (Maicon Arguelho e Nailson Elmiro) que ameaçam invadir uma casa na Rua Tomas da Silva França, no São Bento e matar quem estivesse lá, se em 20 minutos não entregasse um rapaz que chamaram de “pesadelo”.

Segundo a denúncia, Maicon, que tem 19 anos e Nailson, também com 19, chegaram numa bicicleta, pararam em frente do número 673 e fizeram a ameaça para Arielly Medeiros (20 anos) que abriu a porta para atendê-los. Ela ligou para o 190 e quando os policiais chegaram ao local, encontraram os dois suspeitos dentro da casa e várias outras pessoas que acabaram fugindo. Foram encontrados apenas 8,6 gramas de maconha. Arielly registrou queixa contra Maicon.

Maicon é um personagem conhecido da Polícia. Ele juntamente com seu irmão, Pokemon, se envolveram em diversas ocorrências, arruaças, porte de droga, furtos. No último dia 8, por exemplo, ele se confrontou com um rival, Luiz Magno Santiago. Um, disparou tiros contra a casa do outro, colocado em pânico os vizinhos (na Rua João Barbosa Nantes, onde mora Maicon e na Presidente Vargas, casa de Magno).

Antes destes episódios, Maicon e Luiz já tinham se confrontado há três meses, na Avenida das Flores, via de acesso ao Parque de Exposição. O local é um point onde jovens se reúnem aos finais de semana para beber (há suspeitas de que alguns usam drogas) e ouvir música em alto volume. No dia 5 de julho, um domingo à noite, o local foi cenário de um autêntico bang-bang.

Pelo menos 8 disparos foram ouvidos pela vizinhança e a Polícia encontrou cápsulas deflagradas de pistola 380. Luiz teria feito oito disparos contra o desafeto. Maicon, em companhia de outros amigos, fugiu em direção a uma plantação de eucalipto para escapar dos disparos.