Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 16 de Maio de 2021

Policial

Polícia prende suspeitos de matar adolescente espancado

O corpo de Ellian foi encontrado pelo pai em um matagal próximo a uma torre de rádio no último sábado (4)

Campo Grande News

07 de Fevereiro de 2017 - 15:52

Foi preso no início da tarde de hoje (7) o estudante de Agronomia, Alexandre Silva Ribeiro, acusado de participar da morte do adolescente Ellian Sanches, 17 anos, espancado até a morte.

O corpo de Ellian foi encontrado pelo pai em um matagal próximo a uma torre de rádio no último sábado (4) após desaparecer e uma ligação informar aos familiares onde o jovem havia sido deixado, já morto.

Além de possível participação na morte do adolescente, o delegado Danilo Mansur informou que Ribeiro, que é de Minas Gerais, também está envolvido em uma série de assaltos na cidade, informou o site Jovem Sul News.

O universitário, que foi preso após uma aula na faculdade, confessou a participação nos assaltos. A polícia irá recolher objetos e o veículo utilizados nos roubos para mais averiguações e conclusão do inquérito, mas, segundo o delegado, com a prisão do estudante, o quadro de envolvidos nos assaltos e na morte de Ellian fica fechado.

No final da manhã de hoje, a polícia apreendeu um adolescente de 17 anos e prendeu Bruno Sanches, 23 anos, também acusados de dos roubos e possivelmente da morte do adolescente.

As investigações chegaram inicialmente a Bruno B. Sanches, 23 anos, pois a polícia sabia que ele era amigo de Ellian e foi reconhecido pelo próprio pai em imagens das câmeras de segurança das vítimas dos assaltos.

A Polícia chegou até ele por um policial do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) que é cunhado do pai de Ellian.

Após a prisão de Sanches, os policiais chegaram a um adolescente, morador no bairro Planalto, amigo de Ellian. Segundo o delegado, Danilo Mansur, é provável que Bruno tenha dívida com traficantes e precisava “levantar” dinheiro, além da necessidade de sustentar o vício dos comparsas, decidiram praticar assaltos pela cidade.

Ainda de acordo com as investigações, a vítima participava dos roubos. Ellian era o encarregado de entrar no comércio, com uma arma falsa e o adolescente que está apreendido ficava pelo lado de fora para dar suporte, enquanto Sanches e Ribeiro ficavam no carro para dar fuga.

Segundo o adolescente apreendido, após o último roubo, o grupo seguiu para a pista de motocross da cidade, onde Sanches e Ribeiro mandaram os adolescentes saírem do carro.  Os homens desceram em seguida com uma barra de ferro e atacaram Ellian. O outro adolescente conseguiu fugir.

A polícia investiga se o adolescente participou da morte de Ellian. Os acusados podem responder por homicídio qualificado, motivo torpe, tortura e meio cruel, para assegurar a ocultação e impunidade do crime, associação criminosa, ocultação de cadáver e roubo qualificado pelo concurso de pessoas.