Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 29 de Novembro de 2021

Policial

Prefeito de Porto Murtinho não é investigado pela ‘Operação Miquéias

A operação Miqueias da Polícia Federal por envolvimento com a quadrilha suspeita de pagar propina a prefeitos para captar investimentos de fundos de pensão municipais

Assessoria

23 de Setembro de 2013 - 11:00

O prefeito de Porto Murtinho, Heitor Miranda (PT) não esta sendo investigado pela Polícia Federal pela ‘Operação Miquéias’. Segundo a assessoria de imprensa, o prefeito assumiu o município a cerca de nove meses e a PF está investigando há um ano e meio o esquema que envolve empresas de fachada em fundos ou institutos municipais de previdência.

No entanto, a polícia federal investiga o envolvimento do RPPS (Regime Próprio de Previdência Social) do município. Através de nota a gestão atual afirma que não houve nenhum envolvimento ou contato do PortoPrev com empresas investigadas pela PF.

A operação Miqueias da Polícia Federal por envolvimento com a quadrilha suspeita de pagar propina a prefeitos para captar investimentos de fundos de pensão municipais. Em Mato Grosso do Sul a PF investiga dos fundos previdenciários dos municípios de Ponta Porã e Porto Murtinho.