Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 19 de Janeiro de 2022

Policial

Primeiro de 3 inquéritos da fraude de medicamentos indicia 100, diz PF

Inquérito será entregue na terça ao Ministério Público Federal de Erechim. Serão indiciadas pessoas de 60 municípios de RS, SC, PR e MS.

G1

29 de Outubro de 2013 - 07:54

Cerca de 100 pessoas serão indiciadas pelo esquema da fraude dos medicamentos, desarticulado em 2011, no inquérito que será entregue nesta terça-feira (29) à Justiça do Rio Grande do Sul, informou a Polícia Federal. Outros dois inquéritos sobre o caso ainda serão concluídos, como mostra reportagem do RBS Notícias (confira no vídeo).

O volume de documentos foi dividido em três partes, e uma delas será entregue ao Ministério Público Federal de Erechim, cidade do Norte gaúcho onde foi descoberto o esquema.

Nesta primeira remessa serão indiciadas pessoas de 60 municípios do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul, onde, segundo a polícia, grupos fraudavam licitações com o objetivo de desviar verbas públicas destinadas à compra de medicamentos.

"As provas são muito fortes, os investigados terão dificuldades de comprovação na Justiça", diz o delegado da Polícia Federal Mauro Vinícius de Moraes.

Segundo a polícia, distribuidoras de medicamentos e funcionários públicos agiam de forma fraudulenta em pelo menos sete estados. No Rio Grande do Sul, mais de 100 prefeituras são investigadas.

Há dois anos, durante a Operação Saúde, empresas foram fechadas e 58 pessoas presas. Todas estão em liberdade. "Não tenho duvidas que essas pessoas serão condenadas e terão seus patrimônios sequestrados para pagar os prejuízos que causaram", disse Moraes.