Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 18 de Setembro de 2020

Policial

Professora morre após ter moto atingida e corpo esmagado por carreta

Homem foi encontrado em casa após indicação de testemunhas; ele teria sido visto ingerindo bebidas alcoólicas em conveniência

Campo Grande News

30 de Dezembro de 2019 - 16:55

Mulher, de 41 anos, morreu após a moto que conduzia ser atingida por uma carreta, na noite de ontem (29), na Rua José Pereira do Nascimento, Centro de Nova Alvorada do Sul. O motorista que provocou o acidente fugiu sem prestar socorro, mas foi localizado em casa e preso em flagrante.

De acordo com testemunhas, o autor, identificado como sendo Luiz Ricardo Carozo Marconi, de 23 anos, ingeria bebidas alcoólicas em uma conveniência minutos antes de se envolver no acidente.

Conforme boletim de ocorrência, o motorista seguia pela Rua José Pereira do Nascimento e não respeitou placa de pare, atingindo a moto da vítima – identificada como sendo a professora Cleodete de Albuquerque Rezende - que estava na preferencial. Um morador relatou à polícia que estava em frente de casa, quando presenciou o atropelamento.

Segundo ele, a carreta cruzou a preferencial em alta velocidade e, após atingir a moto, um dos pneus teria passado por cima do corpo da vítima. O condutor fugiu do local e só foi localizado após relato de testemunhas. Veículo e motorista foram encontrados em casa, na Rua Prudêncio Thomaz Lemes.

Ainda segundo a ocorrência, a princípio, o condutor negou ter dirigido a carreta. Porém, foi confrontado com informações do tacógrafo e acabou confirmando. Peritos e equipes da delegacia de Polícia Civil foram acionadas e estiveram no local do acidente.

Luto – Nas redes sociais, o Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) de Nova Alvorada do Sul lamentou a morte da professora. “Com muita tristeza que comunicamos o falecimento da professora Cleo em um terrível acidente no perímetro urbano da cidade. Um desrespeito ao trânsito tirou a vida de uma pessoa maravilhosa que deixará muita saudade”, diz publicação na página da instituição, no Facebook.