Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 15 de Maio de 2021

Policial

Quadrilha é presa com diversos produtos roubados, armas e drogas

A mulher, conhecida como Malévola, segundo a polícia, é casada com um dos líderes do PCC (Primeiro Comando da Capital) dentro do Presídio de Segurança Máxima.

Campo Grande News

22 de Fevereiro de 2017 - 09:45

Uma quadrilha que praticava furtos e roubos em bairros da região norte foi presa na madrugada de hoje (22), em Campo Grande. Os suspeitos Kevin Renan Costa Lopes, Fernando Patrick Oliveira, Abel Oliveira dos Santos, Mayara Ursula Fazan e dois adolescentes de 17 anos, agiam na região do bairro Estrela Dalva, Noroeste e Nova Lima, onde também moravam.

A mulher, conhecida como Malévola, segundo a polícia, é casada com um dos líderes do PCC (Primeiro Comando da Capital) dentro do Presídio de Segurança Máxima. Ainda conforme informações policiais, todos os presos fazem parte da facção criminosa.

Com o bando, foram apreendidos vários produtos roubados, armas, cocaína e maconha. Um dos últimos assaltos cometido pelo grupo foi em uma tabacaria, no final da rua Ceará. Na ocasião, um veículo Prisma e vários objetos foram levados.

Conforme policiais do Batalhão de Choque, após denuncias e a identificação da quadrilha, a polícia conseguiu localizar dois membros do bando durante rondas na Avenida Senhor do Bonfim, na noite de terça-feira. Ao avistar a viatura, a dupla entrou dentro de um ônibus do transporte coletivo e tentou fugir, mas foi presa.

Por meio da prisão dos dois, a polícia conseguiu chegar até o restante da quadrilha. Em poder do grupo, foram apreendidos um quilo de cocaína, um quilo de maconha, vários documentos falsificados, armas de fogo, armas de brinquedo e produtos de roubos como relógios, celulares, armas de fogo, aparelhos eletrônicos, narguilé e notebook.

Os presos, que foram encaminhados à delegacia, vão responder por formação de quadrilha, associação criminosa, roubo a mão armada, tráfico de droga. Os maiores ainda respondem por corrupção de menores.