Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 9 de Maio de 2021

Policial

"Rei do Gado" pantaneiro morre depois de sofrer mal súbito ao volante

Ele chegou a ser socorrido e encaminhado ao pronto-socorro de Aquidauana, mas não resistiu.

Correio do Estado

31 de Janeiro de 2017 - 07:15

Fazendeiro Joaquim de Carvalho, 86 anos, mais conhecido como Joaquim Birbiridade, um dos maiores pecuaristas da região do Pantanal e de Bonito, morreu no início da tarde desta segunda-feira (30), depois de sofrer mal súbito no quilômetro 47 da BR-419, em Anastácio.

Informações preliminares apontam que o pecuarista seguia pela pista, quando passou mal ao volante. Ele chegou a ser socorrido e encaminhado ao pronto-socorro de Aquidauana, mas não resistiu.

De acordo com Francisco Maia, que esteve há alguns anos a frente da presidência da Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul), Joaquim atuava na região de Bonito e era muito conhecido nos leilões. “Quando ele arrematava os lotes ele agradecia e dizia sempre a frase: Joaquim agradece o prazo e crédito, mas paga à vista”, contou Maia.

Conforme o pecuarista, Joaquim era visto no ramo como uma pessoa folclórica. “Conhecia ele superficialmente, sabia de algumas passagens dele, por exemplo, quando trocava de caminhonete dizia que comprou a nova sem vender a velha”, lembrou.

Ainda de acordo com Chico Maia, a vaidade do fazendeiro era marcante, porém, de forma extrovertida. “Ele dava as 'gargantadas' dele de forma descontraída. É com certeza uma grande perda, uma pessoa conhecida no meio e que era considerada”, enfatizou.