Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 29 de Novembro de 2021

Policial

Sucesso no México, jogador de MS é acusado de estupro e ameaça

Danilinho nasceu em Ponta Porã, na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. O jovem já atuou em vários times no País, como Santos e Atlético-MG.

Campo Grande News

08 de Agosto de 2013 - 09:49

O jogador Danilo Verón Bairros, 26 anos, o meio Danilinho, de Mato Grosso do Sul que atua no time Tigres, do Mexico, foi acusado de estupro e ameaça de morte por uma jovem de 18 anos. As informações foram divulgadas pelo jornal “Cancha”.

Identificada como Debanhi Zuazua Rentería, a garota afirmou que o abuso aconteceu no dia 11 de julho deste ano, quando ela ainda tinha 17 anos de idade. Acompanhada da mãe, ela prestou queixa no Centro de Orientação e Denúncia da Procuradoria logo em seguida. No entanto, a mãe desistiu da ideia.

“Fazia alguns meses que eu o conhecia. Marcamos de nos encontrar em um bar de San Pedro (El Canto). Ficamos ali bebendo e depois disso ele me forçou a ter relações com ele. Quando ele me violou, disse: ‘Não quero nada com você, me deixa em paz’. Foi quando ele começou a me molestar e a me ameaçar, a ponto que eu já não queria mais sair de casa por medo”, afirmou a suposta vítima ao diário.

A história ganhou um novo capítulo no sábado, quando Debanhi completou 18 anos e decidiu procurar uma agência do Ministério Público local especializada em delitos sexuais para fazer uma nova denúncia contra o atleta de 26 anos.

Ainda de acordo com o jornal, a jovem pediu que Danilinho pague pelo crime de violação, pois foi forçada a ter relações sexuais com ele. Segundo ela, existem cópias das denúncias e provas que comprovam a história. Esta não é a primeira vez que o nome do meia aparece em polêmica. Em dezembro de 2011, outra menor de idade, identificada como Priscila Jiménez acusou o jogador de agressão física após o término de um relacionamento.

Histórico - Danilinho nasceu em Ponta Porã, na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. O jovem já atuou em vários times no País, como Santos e Atlético-MG.

Ele atuou em dois times mexicanos, o Tigres (onde está pela segunda vez) e o Chiapas. Ele chegou a ser afastado dos treinos e dos jogos por indisciplina.  O jovem também já integrou a equipe sub-20 da seleção brasileira de futebol.